Projeto quer estimular prática esportiva com bicicleta

Projeto quer estimular prática esportiva com bicicleta

set 19, 2014

Para incentivar o esporte, o Coletivo Marcelo Sgarbossa (PT) apresentou projeto de Lei, na Câmara Municipal de Porto Alegre, que altera o Plano Diretor Cicloviário Integrado (PDCI) – Lei Complementar nº 626, de 15 de julho de 2009. A proposta que busca fazer da Capital uma Cidade mais Humana inclui a construção, reforma e manutenção de estruturas físicas para a prática de esporte com bicicleta no rol de investimentos em que deverá ser aplicado, no mínimo, 20% do montante arrecadado com multas de trânsito.

O objetivo é estimular a prática esportiva com bicicletas em nossa cidade. “A falta de espaços públicos adequados é uma barreira que impede a adesão e a ampliação de praticantes. Daí a importância de se permitir maior alcance na aplicação de recursos, possibilitando investimentos em construção, reforma e manutenção de estruturas físicas para a prática de esportes com bicicleta, tais como velódromo, trilhas de mountain bike, pistas de bicicross, rotas cicloturísticas e downhill. Ações para fomentar o uso da bicicleta ligado às práticas de ciclismo esportivo e de competição”, ressalta Sgarbossa.

“Vale reiterar que o esporte tem de chegar a mais pessoas, e o Poder Público tem papel fundamental na indução da implementação de políticas públicas que incentivam práticas desportivas e a melhor qualidade de vida”, justifica o parlamentar, que busca inspiração também no exemplo da Prefeitura de Indaiatuba. A cidade do interior de São Paulo construiu um velódromo de nível internacional para a prática do ciclismo.

 

Velódromo construído em Indaiatuba (SP) tem padrão internacional (foto: EliandroFigueira/PMI)