Coletivo Marcelo Sgarbossa (PT) engajado na campanha por mais segurança no trânsito

Coletivo Marcelo Sgarbossa (PT) engajado na campanha por mais segurança no trânsito

maio 10, 2013

Em menos de cinco meses de mandato na Câmara de Vereadores, o Coletivo Marcelo Sgarbossa (PT) já promoveu uma série de ações envolvendo a mobilidade urbana. Algumas iniciativas são dentro do Legislativo e outras fora, nas ruas.

Nesta sexta-feira (10/5), estivemos na av. Borges de Medeiros (próximo à Ponte dos Açorianos) entregando um material confeccionado exclusivamente para a II Semana Mundial de Segurança no Trânsito, lançada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), na qual o foco é o pedestre. O folder distribuído pode ser acessado AQUI.

 

Pedestres respondem por 43% das vítimas no trânsito de Porto Alegre, de acordo com a EPTC.

 

Com o objetivo de transformar a Capital numa Cidade mais Humana, também estamos apoiando a Caminhada da Acessibilidade, que será realizada neste sábado (11/5), às 10h. O ponto de encontro será na praça Argentina (av. João Pessoa, perto da Ufrgs). A intenção é conferir como estão as calçadas da Capital e as principais dificuldades que as pessoas enfrentam para atravessar as ruas ou para acessar o transporte público.

Internamente, na Câmara, jprotocolamos uma série de pedidos de providências (PP) e de informações (PI) que são encaminhados à prefeitura de Porto Alegre. A intenção do gabinete é reunir dados para propor ações de melhorias no trânsito, de forma a tornar as ruas e avenidas mais seguras para todos. O primeiro PI direcionado à Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) tratou exclusivamente dos acidentes. Perguntamos se existe um levantamento que demonstre os custos sociais e econômicos e qual a metodologia usada para classificar e organizar o banco de dados relativo aos pedestres que sofrem atropelamentos em Porto Alegre.

Outros questionamentos enviados à EPTC referem-se à técnica de identificação dos pontos críticos, onde há maiores taxas de atropelamentos na Capital, e quais as ações tomadas para garantir a segurança dos pedestres e diminuir os casos de acidentes nessas áreas. Com relação à fiscalização, pedimos informações sobre as autuações de motoristas e de pedestres que descumpram as regras de trânsito (como desrespeito à faixa de segurança ou travessias com o semáforo fechado). Também perguntamos quantas sinaleiras existem com temporizador e quais equipamentos tiveram o tempo modificado para facilitar as travessias. Pensando nas pessoas cegas ou com deficiência visual, indagamos sobre as sinaleiras com dispositivos sonoros, que ainda são raras na Capital.

Abaixo, as principais ações do Coletivo Marcelo Sgarbossa (PT), na Câmara Municipal, direcionadas ao pedestre neste começo de mandato.

Pedido de Providências – PP 42/2013: Solicita implantação de uma faixa de segurança abaixo do vão do viaduto Leopoldina, na via paralela a av. João Pessoa que dá acesso a av. Loureiro da Silva, assim como de uma faixa no acesso à Loureiro a partir da rua Sarmento Leite, nas proximidades do Parque Farroupilha (Redenção), largo Archymedes Frtini e do Campus Central da Ufrgs.

Pedido de Informações – PI 65/2013: Solicita informações sobre a educação no trânsito de Porto Alegre a cargo da EPTC.

Pedido de Informações – PI 30/2013: Quantos são e onde estão os sinais de trânsito luminosos com temporizadores; em quanto tempo se prevê a implantação completa; como e definido o tempo para travessia; onde estão localizados e quantos são os botões de ativação.

Pedido de Informações – PI 42/2013: Solicita informações sobre a campanha novo sinal, lançada em setembro de 2009.

Pedido de Informações – PI 54/2013: Solicita diversas informações sobre acidentes de transito, principalmente com pedestres, em Porto Alegre.

Pedido de Providências – PP 9/2013: Implantação de sinalização semafórica na intersecção da av. Protásio Alves com a av. Moema, do município de Porto Alegre.

Pedido de Informações – PI 36/2013: Solicita informações sobre qual solução e em quanto tempo será possível remover e/ou contornar um obstáculo existente na rua Fernando Machado, esquina com a rua Mal. Floriano, onde há uma faixa de segurança, que termina, em um dos lados, numa enorme floreira, o que impede o pedestre de acessar a calcada.

Pedido de Providências – PP 13/2013: Solicita a imediata e urgente adequação das condições de tráfego para pedestres e ciclistas na av. padre cacique, entre o museu Iberê Camargo e a av. Diário de Notícias, para garantir a plena segurança e circulação para os moradores, usuários, pedestres e frequentadores do local.

Pedido de Providências – PP 44/2013: Solicita reparação das calçadas levantadas e quebradas pelas raízes de uma arvore existente na praça Raul Pilla, localizada no Centro Histórico de Porto Alegre.

show
 
close