Cachorreiros da Redenção buscam apoio do gabinete

Cachorreiros da Redenção buscam apoio do gabinete

Maio 28, 2013

Na tarde desta segunda-feira (27/5), o vereador Marcelo Sgarbossa (PT) esteve reunido com duas representantes do grupo Cachorreiros da Redenção. O tema do encontro com Débora Dorneles e Josiane Demenegui foi o impasse envolvendo a prefeitura de Porto Alegre e os frequentadores do chamado Recanto do Amigo Fiel, que fica no gramado entre o chafariz da fonte luminosa e o lago dos pedalinhos. O tradicional espaço na área central do Parque Farroupilha é ocupado para o livre lazer dos animais de estimação.

Os Cachorreiros pediram o apoio do gabinete. Eles querem que o vereador Marcelo vote contra o projeto de lei do Executivo 26/12, que tramita na Câmara Municipal. O PL da prefeitura revoga a Lei 11.263, de 16 de abril de 2012, que estabelece a atual área ocupada pelo Recanto do Amigo Fiel na Redenção. A transferência do “Cachorródromo” para outro local é uma proposta defendida pela Secretaria dos Direitos Animais (Seda). A secretária Regina Becker quer que o grupo passe a ocupar o espaço do antigo Mini Zoológico Palmira Gobbi.

Segundo Débora Dorneles, o argumento da prefeitura de reaproveitamento da área do mini-zôo não se sustenta, pois o local apresenta uma série de problemas, como risco sanitário, falta de luminosidade natural, poluição sonora elevada e altos índices de criminalidade. “Queremos o apoio dos vereadores para que digam não a um projeto que agride a saúde dos animais e que restringe momentos de liberdade, lazer e socialização”, explica. Antes de tomar uma posição sobre o projeto de lei, o Coletivo Marcelo Sgarbossa pretende fazer contato com a Seda para ouvir os argumentos da prefeitura.

Com a participação de representantes da Equipe do Patrimônio Histórico e Cultural (EPAHC) e do Programa Monumenta, o grupo discutiu alternativas de adequação para manter a ocupação do espaço atual. Um projeto de ajardinamento, com a ideia de uma cerca-viva, surgiu do diálogo com frequentadores do local e, conforme os Cachorreiros, a proposta agradou por resgatar o desenho original do Parque Farroupilha. Antes de tomar uma posição sobre o projeto de lei, o Coletivo Marcelo Sgarbossa (PT) pretende ouvir outros usuários da Redenção e também fazer contato com a Seda para conhecer os argumentos da prefeitura.

 

Débora Dorneles e Josiane Demenegui estiveram reunidas com o vereador Marcelo Sgarbossa (PT)