Para manter o CETE como espaço público

Para manter o CETE como espaço público

mar 26, 2018

Um patrimônio da população da Capital, o Centro Estadual de Treinamento Esportivo (CETE) está localizado no bairro Menino Deus. O complexo esportivo é utilizado por milhares de pessoas diariamente para a prática de esportes e atividades de lazer. Este importante espaço público, no entanto, também gera a cobiça da especulação imobiliária.

Para evitar que o CETE acabe sendo vendido, deixando a população de Porto Alegre ainda mais desassistida, o vereador Marcelo Sgarbossa (PT) apresentou um projeto de Lei que prevê o tombamento do imóvel, que fica na rua Gonçalves Dias, 628. Se a proposta for aprovada, o local passará a integrar o Patrimônio Cultural e Histórico do Município, ficando vedadas alterações que modifiquem ou descaracterizem o imóvel. “A proposta ganha mais relevância no momento em que a população teme que o CETE seja descaracterizado, com a instalação de unidades do Corpo de Bombeiros”, ressalta Sgarbossa.

O parlamentar lembra que o CETE virou referência em preparação esportiva, tendo sido um dos locais escolhidos para o treinamento visando os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de 2016. “Trata-se de um espaço público importantíssimo para o entorno da área que envolve os bairros Menino Deus, Azenha, Praia de Belas e Medianeira, bem como para toda a cidade de Porto Alegre. Por isso é tão importante que seja preservado para que possa continuar atendendo à nossa população na sua integralidade”, afirma Marcelo.

Histórico do CETE

A história do Cete começou em 1963, com a desapropriação da área onde se encontra o complexo esportivo. No local, o governo do Estado criou um centro ligado à Secretaria de Educação, que disponibiliza a prática de diversas modalidades esportivas à comunidade por meio de escolinhas. Em 2001, ele foi definitivamente vinculado à Fundação de Esporte e Lazer do Rio Grande do Sul. No local, o Governo do Estado criou um centro ligado à Secretaria de Educação, que disponibiliza a prática de diversas modalidades esportivas à comunidade por meio de escolinhas. Em 2001, foi definitivamente vinculado à Fundação de Esporte e Lazer do Rio Grande do Sul.

show
 
close